20 de dezembro de 2006

Sobre ontem à noite

Há um quê de tristeza nestes dias.
;de saudades, de ausência...
e esse clima frio que, de repente, adentrou a cidade. O ar mais gélido, o chão úmido e as luzes mais fortes. O anoitecer de ontem, realmente, foi diferente.
Um quê típico dessa época do quê, pra quê, por que?

5 comentários:

vania disse...

Nao gosto qdo sinto q vc está triste... adoro o frio, a chuva, esse tempo... Adoro ver todo mundo feliz, de bem com a vida! Acho alegria sua cara, combina mto mais contigo!

coisasqueeuvivendo disse...

Sobre ontem a noite é o titulo de um filme Zwick, o mesmo do Ultimo Samurai. Fala das dificuldades de convivencia dos casais...
Seus textos sao em geral analitico e informativos, mas este ficou bem lirico, sentimental, romantico e saudosista.
Uma outra face do mesmo autor?
Abs

vania disse...

rsrsrs
Bem, eu nao comentei sobre o filme e sim, sobre um ar de melancolia, tristeza q senti...
mas sobre o filme tbm acho isso triste: "...os dois vão viver juntos e descobrem que fazer amor é fácil, mas dizer "eu te amo" é mais difícil e viver amando é ainda mais."

vania disse...

ah! esqueci! a frase é triste mas, infelizemente, verdadeira.
Fazer o quê, por quê?
rsrsr

Wagner Hardman Lima disse...

eu nem sabia do título desse filme, liandro.
minha escrita é intuitiva e melodiosa e só. é apenas essa fluência. abração pra tu. quer dizer procês, né vânia! rs