7 de dezembro de 2008

Quando uma coisa pega, pega!!!






Sabe aqueles sons que causam sensação de conforto, alegria, mimo ou sei lá o que mais?

Desde a primeira vez que ouvi Belô Veloso, sobrinha de Caetano e Bethânia, eu senti isso. Esses dias senti saudade do som dela e resolvi tirar as pastas das gavetas com as mp3 dos discos de carreira e entendi o motivo das saudades: Belô é lasciva, romântica, adoradora do mar e tem uma voz quente e sensual. Vem daí meu tesão pelo som dela, que vai do samba reggae ao pop, das batidas afro de Salvador a baladas pop-rock a la FM. Acho que é pura identificação mesmo. É como se às vezes, ela falasse de mim ou cantasse pra mim (até que não seria nada mal ahauhauhau).

Adoro esse clima praieiro que ela coloca nas músicas. Por isso mesmo me identifico tanto porque o mar é a coisa mais bonita que existe pra mim. Tem a cor que mais gosto que é o azul, é intenso em calmaria e rebentos (como eu sou hehehe), e me consegue me trazer paz e tranquilidade em apenas poucos segundos admirando, sentindo o cheiro, tocando os pés na água... É no mar que encontro o abrigo que tanto curto pra reoxigenar as baterias e me centrar em mim mesmo.

É puro cheiro de sargaço. ..





Clima de hoje bem ao som de Pegue ou Largue, na voz dela.



Pegue ou largue
Belô Velloso

Composição: adriana calcanhotto

Me telefone
ou me abandone
agora
o verão já vem
eu vou pra Salvador
eu já marquei o vôo
eu vou na janela

Pegue ou largue
lá vem o verão
se apresse
ou desapareça
ande, me sequestre
ou depois não se zangue
me chame ou me deixe

Você me telefona agora
ou me joga fora
tô voando pra Lavagem
o verão já vem...

Um comentário:

Diego disse...

Não conheço ela...Mas se tem clima de praia...ta valendo...tb me agrada muito músicas assim...sem falar que a referencia dela...betania e caetano...cantam pra @$%$%@ tb...rsrsrssr....flws...abraços, fui